São Vicente: charme, história e cultura

São Vicente: charme, história e cultura

São Vicente: charme, história e cultura

Nenhum comentário em São Vicente: charme, história e cultura

JANETE MONTEIRO

Passear pela primeira cidade a ser fundada pelos portugueses, no Brasil, é poder viajar no tempo. Em São Vicente, litoral sul de São Paulo, é essa a sensação que temos, ao visitar os atrativos turísticos e principalmente quando, em frente a Praia do Gonzaguinha, no Marco Padrão, nos deparamos com um artista que narra, em verso e prosa, a história deste importante pedaço de chão brasileiro.

Monumento Padrão | Foto: Zezinha Carvalo

Monumento Padrão | Foto: Zezinha Carvalo

O Marco Padrão, inaugurado em 1933, foi construído em comemoração aos 400 anos de fundação da Vila de São Vicente. Encontra-se dentro de uma ilhota no mar, conhecido como pedra do Mato. A apresentação “solo” que se desenrola no Marco Padrão é apenas uma pequena demonstração do espetáculo Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, que ocorre anualmente no local e está na 34ª edição. O espetáculo nos remete ao passado, quando naquele belo cenário, em 1532, Martim Afonso aportou em terras brasileiras e fundou, oficialmente a 1ª Vila, hoje com mais de 353 mil habitantes e de belezas ímpares, por mesclar história, cultura e um movimentado litoral.

Encenação da Fundação da Vila de São Vicente | Foto: Arienar

Encenação da Fundação da Vila de São Vicente | Foto: Arienar

A Encenação é o maior espetáculo teatral em areia de praia do mundo, segundo o Guinness Book. A peça relata desde o contato inicial com os índios até a pacificação entre os povos. O espetáculo reúne 800 atores, sendo a maioria formada por moradores da cidade.

Atrativos turísticos e históricos

Em São Vicente tem atrativos para todos os gostos. Se é praia, uma das mais belas é a praia do Itararé para contemplar os jardins da orla e fazer uma caminhada relaxante, seguindo os nativos que desde as primeiras horas da manhã transitam pelo local. Fora da areia, o passeio pode continuar por outros atrativos que o turista não pode deixar de conhecer, como o teleférico, a histórica ponte pênsil e a charmosa Ilha Porchat.

A Ponte Pênsil começou a ser construída em 1912, sendo finalizada em 1914. A ponte liga a Ilha ao continente com um intenso movimento de pedestres e veículos. De fama internacional, é exemplo de capacidade da engenharia da época. Tinha como objetivo promover o escoamento das águas e evitar a propagação de doenças.

Ponte Pênsil_S.Vicente_ft.arienar

Ponte Pênsil | São Vicente-SP |Foto: Arienar

Mas, se o turista quer ver toda a baia de Santos, o ideal é passeando de teleférico. De lá, ele visualiza um pedaço da mata atlântica com suas inúmeras belezas naturais. Do embarque na Praia do Itararé até o ponto mais alto do morro, são apenas 10 minutos de percurso, até uma altura de 180 metros acima do nível do mar, no topo do morro Asa Delta. A vista alcança boa parte da Orla de Santos e de São Vicente, das praias, dos prédios e morros da Baixada Santista. Desde a inauguração em 2002, mais de 1 milhão de pessoas passaram por ele.

Ilha Porchat  – o charme de décadas

O charme da Ilha Porchat é sem igual. Primeiro, porque tem uma vista linda e, segundo porque abriga luxuosas mansões, restaurantes badalados e casas noturnas bastante frequentadas. Foi sede de um dos mais conhecidos clubes brasileiros e um dos maiores cassinos da região, o Ilha Porchat Clube, famoso na década de 80 por seus bailes de carnaval e hoje desativado.

Ilha Porchat_ft.arienar

Ilha Porchat | Foto: Arienar

Na Ilha, vale a pena conhecer o restaurante Terraço, que fica bem no alto e pode ser visto de vários pontos da cidade. Ele tem um cardápio variado, com especialidade em peixes e frutos do mar e um atendimento de ótima qualidade. Está entre os melhores de São Vicente.

Vista de S Vicente_ft.arienar

Vista de São Vicente do Terraço, bar e restaurante local |Foto: Arienar

É também no alto da Ilha que está o monumento 500 anos, idealizado por Oscar Niemeyer. Inaugurado em 2002, em comemoração aos 500 anos de descobrimento do Brasil, a cobertura tem forma de asa côncava e um vértice que aponta para Brasília. O mirante tem capacidade para abrigar até 250 pessoas e de lá, a vista é deslumbrante a qualquer dia e qualquer hora. É uma beleza feita para apreciar as muitas belezas da região.

Monumento 500 anos_Niemeyer | Foto: divulgação

Monumento 500 anos_Niemeyer | Foto: divulgação

Comércio a preços camaradas

Para quem quer ver como a cidade pulsa, no aspecto econômico, e conhecer os hábitos dos moradores da região, a dica é uma visita ao comércio local, rico em opções de lojas e produtos, sendo um dos mais movimentados da baixada santista. Na rua Martin Afonso, se pode constatar o vai e vem de pedestres atraídos pelos outlets e  shopping centers, com boas ofertas e preços camaradas, principalmente em artigos femininos como bolsas e botas.

Escreva um comentário


*

(Spamcheck Enabled)

Ir para o topo